quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Carnaval - Parte 3 (Marchinhas de Carnaval)

Marcha de Carnaval, também conhecida como "marchinha", é um gênero de música popular que esteve no carnaval dos brasileiros dos anos 20 aos anos 60 do século XX, altura em que começou a ser substituída, na preferência do público, pelo samba enredo.
A primeira marcha foi a composição de 1899 de Chiquinha Gonzaga, intitulada Ó Abre Alas, feita para o cordão carnavalesco Rosa de Ouro.
Na origem foi, no entanto, um estilo musical importado para o Brasil. Descende diretamente das marchas populares portuguesas, partilhando com elas o compasso binário das marchas militares, embora mais acelerado, melodias simples e vivas, e letras picantes, cheias de duplo sentido. Marchas portuguesas faziam grande sucesso no Brasil até 1920, destacando-se Vassourinha, em 1912, e A Baratinha, em 1917.

Marchas Famosas:

1899 - Ó Abre Alas - Chiquinha Gonzaga

1929 - Dorinha, Meu Amor - Freitinhas

Dorinha meu amor
Porque me fazes cho...rar?
E sou um pecador
E sofro só por te amar


1930 - Ta-hi (Pra Você Gostar de Mim) - Joubert de Carvalho

Tá-hi / Eu fiz tudo pra você gostar de mim
Oh meu bem / Não faz assim comigo não
Você tem, você tem / Que me dar seu coração


Como você pode ver, as marchinhas dos anos 20 ainda eram simples. Mas, nos anos 30, começaram a surgir os grandes sucessos do Carnaval, e a competição ficou mais acirrada:

1932 - O Teu Cabelo Não Nega - Lamartine Babo e Irmãos Valença

O teu cabelo não nega mulata
Porque és mulata na cor...
Mas como a cor não pega mulata
Mulata eu quero o teu amor


1933 - Linda Morena - Lamartine Babo

Linda morena, morena
Morena que me faz penar
A lua cheia que tanto brilha
não brilha tanto quanto o teu olhar


1934 - Cidade Maravilhosa - André Filho e Linda Lourinha - Braguinha e Lamartine Babo

Cidade Maravilhosa
Cheia de encantos mil
Cidade Maravilhosa
Coração do meu Brasil


Lourinha, lourinha
Dos olhos claros de cristal
Desta vez, em vez da moreninha
Serás a rainha do meu carnaval


1936 - Balancê - João de Barro e Alberto Ribeiro, Pierrot Apaixonado - Noel Rosa e Heitor dos Prazeres

Ô balancê balancê
Quero dançar com você
Entra na roda morena pra ver
Ô balancê balancê


Um Pierrot apaixonado
Que vivia só cantando
Por causa de uma Colombina,
Acabou chorando, acabou chorando


1937 - Mamãe Eu Quero - Jararaca e Vicente Paiva

Mamãe eu quero... / Mamãe eu quero...
Mamãe eu quero mamar...
Dá a chupeta... / Dá a chupeta...
Dá a chupeta pro bebê não chorar! (bis)


1938 - Pastorinhas - Noel Rosa e João de Barro, Pegando Fogo - José Maria de Abreu e Francisco Matoso e Yes, Nós Temos Bananas - João de Barro e Alberto Ribeiro

A estrela D’alva / No céu desponta
E a lua anda tonta
Com tamanho esplendor
E as pastorinhas / Pra consolo da lua
Vão cantando na rua
Lindos versos de amor


Meu coração amanheceu pegando
fogo, fogo, fogo
Foi uma morena que passou perto de mim
E que me deixou as......sim - BIS


Yes, nós temos bananas
Banana pra dar e vender
Banana, menina, tem vitamina
Banana engorda e faz crescer


1939 - A Jardineira - Benedito Lacerda e Humberto Porto

Oh jardineira / Porque estás tão triste
Mas o que foi que te aconteceu? / Foi a camélia
Que caiu do galho / Deu dois suspiros / E depois morreu
Vem jardineira / Vem meu amor / Não fique triste
Que este mundo é todo teu / Tu és muito mais bonita
Que a camélia que morreu ......


1941 - Allah-la-ô - Haroldo Lobo e Nássara e Aurora - Mário lago e Roberto Roberti

Allah-la-ô, ô ô ô ô ô ô
Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Atravessamos o deserto do Saara
O Sol estava quente, queimou a nossa cara


Se fosse sincera / Ô ô ô ô, Aurora
Veja só que bom que era / Ô ô ô ô , Aurora


1942 - Nós Os Carecas - Arlindo Marques Jr. e Roberto Roberti


Nós, nós os carecas / com as mulheres, somos os maiorais
E na hora do aperto / É dos carecas que elas gostam mais


1947 - Pirata da Perna de Pau - João de Barro

Eu sou o pirata da perna de pau
Do olho de vidro, da cara de mau


1949 - Chiquita Bacana - João de Barro e Alberto Ribeiro

Chiquita bacana lá da Martinica
Se veste com casca de banana nanica


Como você pôde notar, as marchinhas de Carnaval mais famosas foram feitas todas nas décadas de 30 e 40...Abaixo, Raul Seixas e Wanderléia cantando marchinhas de Carnaval, em 1978:

video

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...