quinta-feira, 28 de abril de 2011

1927 - La Cumparsita

video

LA CUMPARSITA

Si supieras que aún dentro de mi alma
Conservo aquel cariño que tuve para ti
Quien sabe si supieras
Que nunca te he olvidado
Volviendo a tu pasado
Te acordarás de mí.
Los amigos ya no vienen
Ni siquiera a visitarme
Nadie quiere consolarme
En mi aflicción.
Desde el da que te fuiste
Siento angustias en mi pecho,
Decí percanta: ¿Qué has hecho
De mi pobre corazn?
Al cuartito abandonado.
Ya ni el sol de la mañana
Asoma por la ventana,
Como cuando estabas vos
Y aquel perrito compaero.
Que por tu ausencia no comía
Al verme solo, el otro día
También me dejó.
Si supieras... ... ... ...

La Cumparsita - O mais Famoso Tango do Mundo

O famoso Tango La Cumparsita foi escrito pelo uruguaio Gerardo Matos Rodriguez no ano de 1917 no café La Giralda, em Montevideo, Uruguay. Gerardo tinha só 17 anos de idade na altura, e naquele momento não podia imaginar que estava a criar uma das mais famosas composições na História do Tango.
Após sete anos ele foi para Paris, França, onde conheceu o famoso Francisco Canaro, e descobriu que o seu tango era um sucesso em Paris. Entretanto, os letristas Enrique Maroni e Pascual Contursi tinham escrito letras para o tango e o renomearam Si Supieras. Os próximos vinte anos foram passados por Gerardo entre salas de tribunal a tentar restituir os seus direitos como o autor de La Cumparsita, o tango mais famoso do mundo. O tango La Cumparsita é considerado o hino dos tangos uruguaios.
Como tudo sobre o mundo do tango, não existe um consenso sobre quem foi o primeiro a gravar La Cumparsita, mas a maior parte das fontes na história do Tango Argentino concordam em que Roberto Firpo foi o primeiro a gravar La Cumparsita com a sua orquestra de tango.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...