domingo, 3 de julho de 2011

1859 - Quem Sabe

No dia 14 de fevereiro de 2009, postei sobre uma das músicas mais antigas da MPB brasileira: Quem Sabe, de Carlos Gomes (1836/1896). Essa música foi composta em 1859, e pode ser considerada uma das primeiras músicas de nossa MPB.

Mas na época, não postei o vídeo com a música, e hoje vou resolver isso. Então, com vocês, a música Quem Sabe, composta por Carlos Gomes em 1859, na voz de Francisco Petrônio (1923/2007):

video


Quem sabe? (modinha, 1859) - Carlos Gomes e Bittencourt Sampaio

Tão longe de mim distante / Onde irá, onde irá teu pensamento
Tão longe de mim distante / Onde irá, onde irá teu pensamento
Quisera, saber agora / Quisera, saber agora
Se esqueceste, se esqueceste / Se esqueceste o juramento.
Quem sabe se és constante / Se ainda é meu teu pensamento
Minh’alma toda devora / Dá a saudade dá a saudade agro tormento
Tão longe de mim distante / Onde irá onde irá teu pensamento
Quisera saber agora / Se esqueceste se esqueceste o juramento.

Contexto da época: Carlos Gomes tinha 23 anos quando compôs Quem Sabe. Era órfão de mãe (tinha sido assassinada) e criado pelo pai, com muitas dificuldades. Lembremo-nos que, naquela época, as famílias tinham muitos filhos, e com a de Carlos Gomes não foi diferente. Mas, "Seu Maneco" (Manuel José Gomes) incentivou a carreira do jovem Carlos, e o irmão José Pedro ajudou. Mas é claro que viver de música ainda não era possível, naqueles tempos, e Carlos ajudava um alfaiate, quando não estava ensaiando. 
Ele foi se aperfeiçoando, e em 1854 compôs uma missa, a Missa de São Sebastião, dedicada ao pai. Também já compunha valsas, quadrilhas e polcas, os ritmos de então. 
Em 1857 compôs a modinha Suspiro d'Alma, com versos do poeta romântico português Almeida Garrett (1799/1854) e em 1859 compôs Quem Sabe.

A época de Carlos Gomes foi onde o Nacionalismo e o Romantismo davam o tom das obras literárias e/ou musicais. Um dos ídolos de Carlos Gomes foi Giuseppe Verdi (1813/1901) e outro foi Almeida Garrett (já citado). O Romantismo tinha por características a melancolia e o pessimismo (o chamado "mal-do-século"). 

Na música Quem Sabe, há um verso (dá a saudade agro tormento), que pode muito bem representar o pessimismo exacerbado que tomava conta das pessoas cultas, àquela época...


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...